Agradecemos por seguir este blog. Você é o seguidor de número:

Porque utilizamos o jogo no atendimento Psicopedagógico





Enquanto a criança ou adolescente joga, mobilizam-se esquemas mentais, colocam-se em movimento funções psicomotoras, estimulando o pensamento, neste momento acontecem às aprendizagens, despertando processos internos de desenvolvimento.

A atividade lúdica seja ela uma brincadeira ou um jogo pressupõe o estabelecimento de relações e interações sociais.

Jogar possibilita a formação de atitudes essenciais ao convívio humano. Os jogos atraem pelo desafio e dificuldade. Tais dificuldades podem ser superadas por meio da ação, ajudando a reformular conhecimentos. Quando se joga várias vezes, faz com que o jogador possa compreender ações e objetivos, a fim de traçar metas e construir/reconstruir habilidades e potencializar aquilo que já aprendeu, seja na família, na escola, ou em outros ambientes sociais. 

O jogo psicopedagógico possibilita que o paciente concretize o pensamento através da ação. Assim, ele se reconhece e se identifica, além de contribuir para a construção da personalidade do sujeito.






Dra. Regiane Souza Neves – Doutora e Mestre em Saúde Mental com Ênfase em Psicanálise Clínica, Neuropsicopedagoga e Especialista em Educação.

Unidade de atendimento em Osasco - Smart Place Coworking - Rua Melvin Jones, 143 - Centro

Unidade de atendimento em Osasco - Smart Place Coworking - Rua Melvin Jones, 143 - Centro

Unidade de atendimento em Alphaville - Your Office - Alameda Araguaia, 933 - Edifício Enterprise

Unidade de atendimento em Alphaville - Your Office - Alameda Araguaia, 933 - Edifício Enterprise

Unidade de atendimento em São Paulo - Espaço Grecco - Vila Madalena - Rua Paulistânia, 90

Unidade de atendimento em São Paulo - Espaço Grecco - Vila Madalena - Rua Paulistânia, 90
Também atendo nas unidades: Fradique Coutinho - Rua Artur de Azevedo, 1212 / Faria Lima - Rua Claudio Soares, 72