Seja bem vinda (o) ao blog da Profª Dra. Regiane Souza Neves

Seja bem vinda (o) ao blog da Profª Dra. Regiane Souza Neves
Neste espaço você encontra artigos sobre Educação, Psicopedagogia, Saúde Mental, Comunicação, Cidadania e Política. Além de fotos, vídeos, mensagens e muito mais. Agradeço sua visita!!!! Profª Dra. Regiane Souza Neves

Agradeço a sua visita. Continue visitando meu blog. Você é o visitante número:

A importância da coordenação visomotora no desenvolvimento infantil

Muitos são os educadores que se formam nas faculdades e acreditam que as atividades visomotoras são arcaicas e tradicionais e por isso, não utilizam como material e ferramenta didática. Infelizmente, isso acontece e muito, principalmente na educação infantil. 

É necessário compreender que estas atividades não tem um seguimento único metodológico, ou seja, independente da sua linha pedagógica ou da metodologia escolhida pela escola, nossas crianças precisam e muito adquirir prontidão para a leitura, escrita, cálculo etc. E só conseguirão adquirir esta prontidão se antes tiverem desenvolvido habilidades através das atividades visomotoras.

A clínica psicopedagógica, cada vez mais, recebe crianças com dificuldades em assimilar o conteúdo escolar, ler, escrever, contar etc, por não ter sido bem desenvolvida sua coordenação visomotora na idade certa, pois as escolas preocupadas em cumprir com os currículos escolares avançam as etapas do desenvolvimento da aprendizagem.

A coordenação visomotora é a capacidade de coordenar o campo visual com a motricidade de partes do corpo. É através do corpo em movimento que realizamos ações, conhecemos o mundo e nos relacionamos com os outros seres.

A criança vai organizando sua capacidade motora dominando seu corpo em relação aos estímulos do ambiente. Ate os dois anos, ela percorre diversas etapas: vira-se de costas se estiver de bruços, senta-se quando ajudada, senta-se sem ajuda, fica de pé com a ajuda de alguém, engatinha e, finalmente, anda. Quando ela adquire a musculatura e o equilíbrio adequados, consegue ficar mais ereta e manipular objetos. Entre dois e três anos, ela melhora a coordenação motora, o que lhe permite movimentos mais precisos. Aos cinco anos, esse processo de maturação neurológica e psicomotora lhe dará uma percepção global de si no espaço que a rodeia.

A consciência e o domínio do próprio corpo, de suas partes, das posturas e atitudes é o ponto básico para o domínio da coordenação visomotora.

De acordo com o tipo de movimento que a criança realiza, a coordenação visomota poderá ser ampla ou geral – refere-se aos movimentos dos grandes segmentos do corpo (membros superiores e inferiores) – e fina ou manual – implica a harmonia e a precisão dos movimentos finos dos músculos das mãos.

Um bom treino de coordenação visomotora deve levar em conta a faixa etária das crianças. Quando mais jovens, maior ênfase deve ser dada ás atividades que envolvem trabalho com os grandes músculos. Á medida que se vai desenvolvendo e adquirindo mais domínio sobre o corpo, os pequenos músculos necessitam ser exercitados. 

Um bom domínio da coordenação visomotora favorece o desempenho das crianças na leitura e na escrita: o movimento dos olhos da esquerda para a direita, o controle do corpo e o reconhecimento de sua simetria permitem reconhecer o espaço disponível e a distribuição ordenada da escrita no papel.

Ao treinar a coordenação visomotora, deve-se ter como objetivo levar a criança a:


  • Desenvolver o controle muscular, coordenação visual e manual;
  • Desenvolver hábitos corretos que envolvem a motricidade;
  • Exercer o controle funcional das mãos, através da independência mão/braço e dedos;
  • Adquirir controle sobre a musculatura fina, realizando recorte, alinhavo, colagem, bordado, desenho, pintura, montagem, escrita etc.

As atividades desenvolvem os seguintes esquemas:


  • COORDENAÇÃO MOTORA-FINA: Capacidades de realizar e dominar os movimentos da mão e dos dedos, como realizar pressão digital, preensão digito palmar, preensão em pinça (escrever);
  • COORDENAÇÃO VISO-MOTORA: Capacidade de coordenar a musculatura com o ato de olhar, do tipo que é exigida em tarefas como recortar, desenhar, pintar, escrever, etc. Além de desenvolver a lateralidade, esquema corporal, espaço-temporal e demais percepções;
  • MEMÓRIA VISO-MOTORA: Capacidade de reproduzir de forma motora experiências visuais anteriores.


Compre 600 atividades visomotoras (formato pdf para imprimir) para clínica de psicopedagogia ou educação infantil: http://www.ceadeh.com.br/products/a600-atividades-de-coordenacao-visomotora/


    


Artigo de: Dra. Regiane Souza Neves - Doutora e Mestre em Saúde Mental com Ênfase em Psicanálise Clínica; Especialista em Educação e Legislação de Ensino; Especialista em Orientação Vocacional; Neuropsicopedagoga e Psicopedagoga. Autora dos livros: 1) Manual do Administrador Escolar: Legislação, Organização e Estrutura do Ensino; 2) Gestão da Sala de Aula - Discutindo valores: ética, moral e cidadania; 3) Desenvolvimento Educacional: um olhar psicopedagógico; 4) A Formação de Professores no Brasil. Presidente e Coordenadora de Ensino Superior da ABRAPEE Associação Brasileira de Profissionais e Especialistas em Educação; Diretora do CEADEH Centro de Estudos Avançados em Desenvolvimento Educacional e Humano.

Cursos e palestras para escolas, associações, sindicatos, ong's e diretorias de ensino

Cursos e palestras para escolas, associações, sindicatos, ong's e diretorias de ensino
clique na foto para acessar o site do CEADEH

Livros de autoria da Profª Dra. Regiane Souza Neves

Livros de autoria da Profª Dra. Regiane Souza Neves
clique na imagem para acessar