Seja bem vinda (o) ao blog da Profª Dra. Regiane Souza Neves

Seja bem vinda (o) ao blog da Profª Dra. Regiane Souza Neves
Neste espaço você encontra artigos sobre Educação, Psicopedagogia, Saúde Mental, Comunicação, Cidadania e Política. Além de fotos, vídeos, mensagens e muito mais. Agradeço sua visita!!!! Profª Dra. Regiane Souza Neves

Agradeço a sua visita. Continue visitando meu blog. Você é o visitante número:

Pró-Equidade de Gênero e Raça mobiliza empresas privadas e públicas durante encontro, nesta 2ª feira, em São Paulo

Cerca de 70 empresas privadas e públicas participam, nesta segunda-feira (17/08/2015), em São Paulo de encontro promovido pelo Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça. Esta iniciativa é coordenada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), da Presidência da República, em parceria com a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), ONU Mulheres e Organização Internacional do Trabalho (OIT). Realizado na Fundação Getúlio Vargas (FGV), o evento foi inaugurado pela ministra da SPM, Eleonora Menicucci; pelo secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, Paulo dos Santos Pinto, e por representante da diretoria da FGV.

As corporações fazem parte da sexta rodada da premiação, que visa incentivar mudanças na gestão de pessoas e na cultura organizacional para alcançar a igualdade entre mulheres e homens no mundo do trabalho. Na manhã de hoje (17), a oficial a cargo do Escritório da ONU Mulheres Brasil, Ana Carolina Querino, moderou painel com presidentes de empresas sobre boas práticas de gênero e raça. Foram expostas as experiências da Von, por sua vice-presidenta global, Marise Barroso; Apex Brasil, por seu presidente David Barioni Neto; e da CPRM Serviço Geológico do Brasil, Manoel Barretto.

Para Ana Carolina Querino, da ONU Mulheres, o Pró-Equidade de Gênero e Raça avança “ao ser apresentado para empresas que ainda não participam, mas demonstraram interesse”, com o objetivo de criar espaços de oportunidades para trabalhadoras e trabalhadores e valorização das suas identidades de gênero e raça. Um dos exemplos é a TAM, representada pela sua presidenta, Claudia Sender, que acompanha o encontro. Dentre as boas práticas em diversidade, há a participação da PWC, com Ana Malvéstio; da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiep), com Daviane Chemin; e Real Grandeza, com Horário de Oliveira.

Respeito e valorização da diversidade – O programa Pró-Equidade de Gênero e Raça é dirigido a empresas de médio e grande porte, públicas e privadas, com personalidade jurídica própria. A adesão ao programa é voluntária. Ao participar do programa, a empresa elabora a ficha perfil da organização e um Plano de Ação explicitando como vai desenvolver as ações de equidade de gênero e raça, de forma transversal e interseccional, dentro da organização.

A empresa que executa as ações de maneira satisfatória, no período do programa, conta com uma marca de gestão eficiente – o Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça – que contribui para o alcance de bons resultados econômicos, financeiros e socioambientais, e a divulgação nacional e internacional (por meio eletrônico) sobre o compromisso assumido com a igualdade racial e entre mulheres e homens.

Fonte: http://www.onumulheres.org.br/

Cursos e palestras para escolas, associações, sindicatos, ong's e diretorias de ensino

Cursos e palestras para escolas, associações, sindicatos, ong's e diretorias de ensino
clique na foto para acessar o site do CEADEH

Livros de autoria da Profª Dra. Regiane Souza Neves

Livros de autoria da Profª Dra. Regiane Souza Neves
clique na imagem para acessar