Síndrome de Burnot é muito mais sério do que você imagina

Você está cansado, exausto, seu trabalho não rende, anda frustrado com a profissão, se sente angustiado, ansioso e deprimido. Já ouviu falar em Síndrome de Burnout?

Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional é um distúrbio emocional de estresse crônico, com sintomas de exaustão extrema e esgotamento físico resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade.

A principal causa da doença é justamente o excesso de trabalho. Esta síndrome é comum em profissionais que atuam diariamente sob pressão e com responsabilidades constantes. Inclusive por medo de perder o emprego ou clientes.

A Síndrome de Burnout também pode acontecer quando o profissional planeja ou é pautado para objetivos de trabalho muito difíceis, situações em que a pessoa possa achar, por algum motivo, não ter capacidades suficientes para os cumprir. Acontece também com autônomos e profissionais liberais pelo motivo de preocupação excessiva com o sucesso do negócio ou empreendimento.

Essa síndrome pode resultar em estado de depressão profunda ou transtorno de ansiedade generalizada e por isso é essencial procurar apoio profissional no surgimento dos primeiros sintomas.

Quais são os principais sintomas da Síndrome de Burnout?

A Síndrome de Burnout envolve nervosismo, sofrimentos psicológicos e problemas físicos.

O estresse e a falta de vontade de sair da cama ou de casa, quando constantes, podem indicar o início da doença.

Os principais sinais e sintomas que podem indicar a Síndrome de Burnout são:

Cansaço excessivo, físico e mental.
Dor de cabeça frequente.
Alterações no apetite.
Insônia.
Dificuldades de concentração.
Sentimentos de fracasso e insegurança.
Negatividade constante.
Sentimentos de derrota e desesperança.
Sentimentos de incompetência.
Alterações repentinas de humor.
Isolamento.
Fadiga.
Pressão alta.
Dores musculares.
Problemas gastrointestinais.
Alteração nos batimentos cardíacos.

Normalmente esses sintomas surgem de forma leve, mas tendem a piorar com o passar dos dias. Não surgem todos ao mesmo tempo. Por essa razão, muitas pessoas acham que pode ser algo passageiro. De forma extrema pode levar ao AVC, infarto etc.

Para evitar problemas mais sérios e complicações da doença, é fundamental buscar apoio profissional assim que notar qualquer sinal.

Como é o diagnóstico da Síndrome de Burnout?

O diagnóstico da Síndrome de Burnout é feita por profissional especialista após análise clínica do paciente.

O psiquiatra e o neuropsicólogo são os profissionais de saúde indicados para identificar o problema e orientar a melhor forma do tratamento, conforme cada caso.

Amigos próximos e familiares podem ser bons pilares no início, ajudando a pessoa a reconhecer sinais de que precisa de ajuda.

Qual é o tratamento para Síndrome de Burnout?

O tratamento da Síndrome de Burnout é feito basicamente com psicoterapia, mas também pode envolver medicamentos (antidepressivos e/ou ansiolíticos).

O tratamento normalmente surte efeito entre um e três meses, mas pode perdurar por mais tempo, conforme cada caso.

Mudanças nas condições de trabalho e, principalmente, mudanças nos hábitos e estilos de vida são necessários para a melhora. A atividade física regular e os exercícios de relaxamento devem ser rotineiros, para aliviar o estresse e controlar os sintomas da doença.

Converse com alguém de confiança sobre o que se está sentindo. Terapia é fundamental. E nunca tome remédios por conta própria.

Dra. Regiane Souza Neves
Doutora e mestra em Psicanálise; Neuropsicopedagoga; Neuropsicóloga; Psicopedagoga; Psicomotricista; Habilitada em ABA Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo. Palestrante e professora de pós-graduação. Há 25 anos trabalhando com educação, saúde mental e desenvolvimento humano. Clique aqui e veja meu currículo completo.

Consultas à partir de: R$ 100,00 para crianças e adolescentes / R$ 120,00 para adultos. Trabalho com pacotes de descontos. Não atendo convênios.

Agende uma consulta pelo Whatsapp 11 95973-6360. Atendimento apenas com hora marcada nos seguintes endereços:
OSASCO
Rua Melvin Jones, 143 - Centro - Osasco
ALPHAVILLE
Alameda Araguaia, 933 - Edifício Enterprise - Alphaville
SÃO PAULO
Avenida Paulista, 726 - Bela Vista
Rua Claudio Soares, 72 - Pinheiros