Brincar é mais sério do que se imagina



Brincar é uma parte fundamental da aprendizagem e do desenvolvimento nos primeiros anos de vida. As crianças brincam instintivamente e, portanto, os adultos deveriam aproveitar essa inclinação “natural”. 

Crianças que brincam confiantes tornam-se aprendizes vitalícios, capazes de pensar de forma abstrata e independente, assim como de correr riscos a fim de resolver problemas e aperfeiçoar sua compreensão. Significa que os programas de educação infantil inicial devem estar baseados em atividades lúdicas como princípio central das experiências de aprendizagem. Isso é bastante difícil de conseguir na vigência de práticas excessivamente prescritivas em termos de conteúdo curricular. 

Crianças alcançam a compreensão através de experiências que fazem sentido para elas e nas quais podem usar seus conhecimentos prévios. O brincar proporciona essa base essencial. É muito importante que as crianças aprendam a valorizar suas brincadeiras, o que só pode acontecer se elas forem igualmente valorizadas por aqueles que as cercam. 


Brincar mantém as pessoas física e mentalmente ativas. Tão importantes no desenvolvimento humano, as brincadeiras devem ter tempo e espaço garantidos nas creches, pré-escolas, escolas, lares de idosos, na família etc.

Brincar na verdade, é importante em qualquer idade!


Enquanto a criança, adolescente, adulto ou idoso brinca ou joga, mobilizam-se esquemas mentais, colocam-se em movimento funções psicomotoras, estimulando o pensamento, neste momento acontecem às aprendizagens, despertando processos internos de desenvolvimento cognitivo e psicomotor. Além de proporcionar adaptações ou readaptações para uma melhor plasticidade neural ou reciclagem neuronal.




A atividade lúdica seja ela uma brincadeira ou um jogo pressupõe o estabelecimento de relações e interações sociais.

Jogar possibilita a formação de atitudes essenciais ao convívio humano. Os jogos atraem pelo desafio e dificuldade. Tais dificuldades podem ser superadas por meio da ação, ajudando a reformular conhecimentos. Quando se joga várias vezes, faz com que o jogador possa compreender ações e objetivos, a fim de traçar metas e construir/reconstruir habilidades e potencializar aquilo que já aprendeu, seja na família, na escola, ou em outros ambientes sociais. 

O jogo psicopedagógico no consultório possibilita que o paciente concretize o pensamento através da ação. Assim, ele se reconhece e se identifica, além de contribuir para a construção da personalidade do sujeito.

Está desanimado? Está estressado? Vá brincar!







Agende uma consulta com a Dra. Regiane pelo Whatsapp 11 93215-1900. Consultórios em Osasco, São Paulo e Alphaville.

Consultas à partir de: R$ 100,00 para crianças e adolescentes / R$ 120,00 para adultos. Supervisão para profissionais à partir de: R$ 150,00.

Dra. Regiane Souza Neves - Tem 42 anos, é casada com o Jornalista Marcelo Neves há 20 anos, mãe de Bruno 18 anos e Allan 17 anos. É doutora e mestra em psicanálise; psicopedagoga e neuropsicopedagoga; psicomotricista; neuropsicóloga; orientadora vocacional; especialista em educação, inclusão, legislação educacional, saúde mental e políticas públicas. Técnica em magistério público e comunicação social. Atua há 25 anos na área da educação onde foi auxiliar de sala, professora, coordenadora e diretora, sendo que nesta última função permaneceu por 19 anos. Também atua há 10 anos na área de psicoterapia e análise comportamental e institucional. Está devidamente cadastrada no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para atuar como Perita Judicial e Extrajudicial, nas suas áreas de conhecimento técnico-científico. Atualmente, coordena e ministra aulas em programas de pós-graduação e, além de atender clinicamente, também realiza consultoria educacional para várias instituições de ensino e órgãos públicos. Tem 11 livros publicados com 56 selos de recomendações de importantes instituições. Realiza palestras, treinamentos, cursos, workshops, seminários, colóquios, conferências, mesas redondas e congressos. Desde 2013, é mantenedora e diretora do CEADEH Centro de Estudos Avançados em Desenvolvimento Educacional e Humano. Foi presidente nacional da ABRAPEE Associação Brasileira de Profissionais e Especialistas em Educação, no período de 2013 à 2018. Dedica-se a causas sociais e se tornou Embaixadora no Brasil de uma campanha mundial, durante o período de 2015 à 2018. Recebeu 27 prêmios e homenagens nacionais e internacionais.

Mais de 20 mil pessoas já participaram das palestras da Dra. Regiane Souza Neves

Mais de 20 mil pessoas já participaram das palestras da Dra. Regiane Souza Neves
clique na imagem e acesse mais informações

Clique na imagem para conhecer o CEADEH

Agenda de final de ano:

Agenda de final de ano: