Agradecemos por seguir este blog. Você é o seguidor de número:

O que é Psicopedagogia e Neuropsicopedagogia?


A Psicopedagogia é uma área da saúde e educação que busca na psicologia, psicanálise, psicolinguística, neurologia, psicomotricidade, psiquiatria, antropologia, farmacologia entre outros, o conhecimento necessário para aprender como se dá o processo de aprendizagem nos indivíduos. 

A Neuropsicopedagogia vai integrar o atendimento psicopedagógico, quando necessário, para melhor entender a forma como o cérebro recebe, seleciona, transforma, memoriza, arquiva, processa e elabora todas as sensações captadas pelos diversos elementos sensores para, a partir desse entendimento, poder adaptar às metodologias e técnicas educacionais à todas as pessoas e, principalmente, aquelas com características cognitivas e emocionais diferenciadas. 

A Psicopedagogia auxilia na identificação e resolução dos problemas no processo de aprender, auxilia a lidar com as dificuldades de aprendizagem encontradas em qualquer situação da vida e em qualquer idade seja na infância, adolescência, idade adulta e terceira idade, sendo em fase escolar, profissional e cotidiana da vida diária. Este profissional detém um corpo de conhecimentos aliados a uma prática clínica, institucional, educacional ou empresarial e hospitalar, que considera a multiplicidade de fatores que interferem na aprendizagem humana. Também trabalha o desenvolvimento cognitivo e psicossocial de transtornos, como: hiperatividade; déficit de atenção; síndromes, neuroses, fobias, ansiedade, entre outros e de problemas relacionados a aprendizagem, como: disgrafia, discalculia, dislexia, dislalia, entre outros.

Tipos de atendimento Psicopedagógico:

Clínico: Atendimento realizado em consultório.  Desenvolve-se um projeto de diagnóstico e intervenção para problemas de aprendizagem humana e dificuldades de aprendizagem escolar, atendimento individual;

Institucional: Este atendimento refere-se ao diagnóstico e intervenção de grupos específicos, partindo do principio que todo grupo é em si uma instituição, estes grupos podem ser de crianças, adolescentes e adultos classificados por idade ou "queixa", o atendimento pode ser no consultório ou espaço adequado para tal finalidade. Também pode ser um trabalho realizado com indivíduos institucionalizados, ou seja, este atendimento pode ser realizado em escolas, consultórios, empresas, asilos etc, sempre com foco no ser sistêmico (o individuo e tudo que o rodeia, seja a família, a escola, a igreja etc). O atendimento pode ser desenvolvido em empresas, instituições, Ongs, igrejas, orfanatos, asilos, abrigos de menores, entre outros, onde planeja-se projetos de diagnóstico e intervenção da instituição analisada tendo como foco as pessoas inseridas naquele espaço e como se relacionam com as aprendizagens humanas, também são levantados os principais objetivos da instituição, sua missão, problemas encontrados, métodos de conduta dos membros. Oferece assessoria psicopedagógica aos trabalhos realizados em espaços institucionais;

Educacional: Atendimento realizado em escolas e espaços de ensino. Possibilita intervenção visando à solução dos problemas de aprendizagem tendo como enfoque o aluno ou o educador da instituição de ensino público ou privado. Desenvolve pesquisas e estudos científicos relacionados ao processo de aprendizagem e seus problemas. Orienta, coordena e supervisiona o corpo docente escolar, em sua metodologia e prática de ensino conforme necessidades da direção da escola, porém sua função não pode ser confundida com a função do coordenador pedagógico; presta atendimento as famílias de alunos quando necessário; não tem como foco o atendimento clínico ao aluno dentro do ambiente escolar;

Hospitalar: Diz respeito às reflexões e práticas que levam em consideração os padrões normais e patológicos, tendo em vista a influência do meio – família, escola e sociedade – o desenvolvimento psico-sócio-educacional e físico dos pacientes. A proposta da Psicopedagogia Hospitalar é ser o interlocutor, não só de crianças, mas também de todos aqueles que passam por internações, sejam elas de curta, média ou longa duração, doenças crônicas e de pacientes terminais. Os psicopedagogos hospitalares, embasados na técnica e na prática, utilizam todo o seu conhecimento para criar um mundo onde as pessoas se preocupam umas com as outras. Estimulando a leitura, escrita, coordenação motora e visomotora dos pacientes hospitalizado.

Para usar como referência: 
SOUZA NEVES, Regiane. Desenvolvimento educacional: um olhar psicopedagógico para os problemas de aprendizagem.  Souza & Neves Edições. 2ª edição. São Paulo, 2017

Dra. Regiane Souza Neves - Tenho 42 anos, estou casada com o Jornalista Marcelo Neves há 20 anos, mãe de Bruno 18 anos e Allan 17 anos. Sou doutora e mestra em psicanálise, psicopedagoga e neuropsicopedagoga, especialista em educação, inclusão, legislação educacional, saúde mental e ciências políticas. Técnica em magistério público e comunicação social. Atuo há 25 anos na área da educação onde fui auxiliar de sala, professora, coordenadora e diretora, sendo que nesta última função permaneci por 19 anos. Também atuo há 10 anos na área de psicoterapia e análise comportamental e institucional. Estou devidamente cadastrada no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para atuar como Perita Judicial e Extrajudicial, nas minhas áreas de conhecimento técnico-científico. Atualmente, coordeno e ministro aulas em programas de pós-graduação e, além de atender clinicamente como psicopedagoga, psicanalista e orientadora vocacional, também realizo consultoria educacional para várias instituições. Tenho 11 livros publicados com 56 selos de recomendações de importantes instituições. Realizo palestras, treinamentos, cursos, workshops, seminários, colóquios, conferências, mesas redondas e congressos. Desde 2013, sou mantenedora e diretora do CEADEH Centro de Estudos Avançados em Desenvolvimento Educacional e Humano. Fui presidente nacional da ABRAPEE Associação Brasileira de Profissionais e Especialistas em Educação, no período de 2013 à 2018. Dedico-me a causas sociais e me tornei Embaixadora no Brasil de uma campanha mundial, durante o período de 2015 à 2018. Desde 1998, trabalho com empoderamento feminino através de ações afirmativas, fomento de políticas públicas e formação política para mulheres, sou Cofundadora e Coordenadora Geral do Movimento Mulher Conquista Osasco. Durante o período de 2012 à 2018, fui membro do Fórum Nacional de Políticas Públicas para Mulheres e, membro do Fórum Nacional de Mulheres de Partidos Políticos da Presidência da República. Recebi 25 prêmios e homenagens nacionais e internacionais.



Especialista em atendimento psicopedagógico e neuropsicopedagógico para crianças e adolescentes.

Especialista em atendimento psicopedagógico e neuropsicopedagógico para crianças e adolescentes.

Especialista em atendimento psicanalítico terapêutico para adultos.

Especialista em atendimento psicanalítico terapêutico para adultos.

Unidade de atendimento em Osasco - Rua Melvin Jones, 143 - Centro

Unidade de atendimento em Osasco - Rua Melvin Jones, 143 - Centro

Unidade de atendimento em Alphaville - Alameda Araguaia, 933 - Edifício Enterprise

Unidade de atendimento em Alphaville - Alameda Araguaia, 933 - Edifício Enterprise

Unidade de atendimento em São Paulo - Vila Madalena - Rua Paulistânia, 90

Unidade de atendimento em São Paulo - Vila Madalena - Rua Paulistânia, 90
Também atendo nas unidades: Fradique Coutinho - Rua Artur de Azevedo, 1212 / Faria Lima - Rua Claudio Soares, 72