Quantidade de pessoas que seguem este blog:

Seja um seguidor deste blog (preencha com seu e-mail)

Depressão e ansiedade: os dois grandes males da sociedade contemporânea

A depressão é uma doença que apresenta uma variedade de sintomas e pode se manifestar de formas diferentes, ou seja de maneira crônica ou aguda, dependendo do paciente. Depressão não é apenas uma tristeza passageira, diante de um fato adverso da vida. A pessoa apresenta uma tristeza profunda e duradoura, acompanhada de desânimo, apatia, desinteresse, impossibilidade de desfrutar dos prazeres da vida. Não se interessa pelas atividades diárias, não dorme bem, não tem apetite, muitas vezes tem queixas vagas como fadiga, dores nas costas ou na cabeça. Aparecem pensamentos "ruins", como idéias de culpa, inutilidade, desesperança; nos casos mais graves podem ocorrer idéias de suicídio. A depressão é uma doença como outra qualquer. Sabe-se que na depressão há alterações no equilíbrio dos sistemas químicos do cérebro, principalmente nos neurotransmissores, noradrenalina e serotonina. 

Por outro lado, a ansiedade pode ser normal em algumas situações e é um indicador de doença subjacente somente quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e interferem na vida cotidiana. A ansiedade é um termo que se refere a um conjunto de transtornos, entre eles o transtorno de ansiedade generalizada (TAG), fobias e síndrome do pânico. A ansiedade ocasiona um estado de angústia, impossível de ser dominado. Na ansiedade podem ocorrer:
- insônia
- ataques de pânico
- tensão muscular
- tremores
- falta de ar
- tonturas e náuseas
- respiração ofegante
- medos irracionais
- dor no peito
- batimentos cardíacos acelerados

Tanto a depressão quanto a ansiedade podem ocorrer em diversos tipos de pessoas, entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Apesar das semelhanças, é importante saber diferenciar os dois transtornos, e nada melhor que buscar ajuda de um profissional para tratá-los adequadamente. É aí onde entra a PSICANÁLISE ou a PSICOLOGIA. 

No acompanhamento de pacientes depressivos e ansiosos, a psicanálise adota uma forma de atuação onde o terapeuta age mais ativamente junto ao paciente. O atendimento é realizado com o diálogo e análise de testes projetivos envolvendo paciente e (analista) psicanalista. 

A psicoterapia psicanalítica ou psicológica é uma das formas que a depressão e a ansiedade podem ser compreendidas, ou seja, elaboradas, transformadas e até curadas.

O trabalho em conjunto é essencial. 

Muitas vezes, é necessário também o suporte medicamentoso, nisso o Psiquiatra que junto com o Psicanalista ou Psicólogo, poderá favorecer uma melhor compreensão sobre o uso de psicotrópicos. Claro que o melhor é sempre tentar fazer com que a pessoa se acalme e sinta-se bem sem o uso de medicamentos.


Prof. Dra. Regiane Souza Neves - Atua há 26 anos na área da educação onde foi professora, coordenadora pedagógica e diretora, sendo que nesta última função permaneceu por 15 anos como diretora na educação básica e está há 7 anos como diretora do CEADEH Centro de Estudos Avançados em Desenvolvimento Educacional e Humano (escola de formação continuada para educadores). Também atua há 11 anos em clínica como neuropsicopedagoga, neuropsicologa, psicopedagoga, psicomotricista e psicanalista, onde realiza diagnósticos para transtornos do neurodesenvolvimento como TEA, TDAH, TOD entre outros. Há 20 anos atua em estudos e desenvolvimento de políticas públicas.