Síndrome de Asperger


O tema que compartilho hoje é...Síndrome de Asperger 

Síndrome de Asperger é um transtorno enquadrado dentro da categoria de transtornos globais do desenvolvimento. Ela foi considerada, por muitos anos, uma condição distinta, porém próxima e bastante relacionada ao autismo.

A Síndrome de Asperger, assim como o autismo, foi incorporada a um novo termo médico e englobador, chamado de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Com essa nova definição, a síndrome passa a ser considerada, portanto, uma forma mais branda de autismo. Dessa forma, os pacientes são diagnosticados apenas em graus de comprometimento, sendo assim o diagnóstico fica mais completo.

As crianças com Asperger não apresentam grandes atrasos no desenvolvimento da fala e nem sofrem com comprometimento cognitivo, pois uma forte característica é que os Aspergers tem uma condição neurobiológica dentro dos padrões normais e um desenvolvimento cognitivo alinhado ao desenvolvimento linguístico muito satisfatório, que podem, inclusive, ser fatores que distanciam o real diagnóstico.

Possuem habilidades superiores em algumas áreas de conhecimento. Essas crianças costumam escolher temas de interesse, que podem ser únicos por longos períodos de tempo - quando gostam do tema "dinossauros", por exemplo, falam repetidamente nesse assunto.

Habilidades incomuns, como memorização de sequências matemáticas ou de mapas, são bastante presentes em pessoas com essa síndrome.

Podem ter dificuldade na interação com outras pessoas, não compreendem "comandos", regras e são mais difíceis de estabelecer determinados limites, por este motivo podem estar a todo momento angustiados e inseridos em situações conflituosas com familiares, professores e colegas.

No desenvolvimento motor, hierarquização motora, lateralidade e coordenação motora fina, podem apresentar dificuldades e até pequenos espasmos ou movimentos repetitivos, quando submetidos a atividades físicas estressantes e demandam força e movimentos bruscos. Não se sentem confortáveis em locais com muito barulho e com muitas pessoas. Podem apresentar isolamento social, sintomas depressivos e ansiosos. São pessoas que gostam e precisam muito de rotina estabelecida e qualquer alteração na sua rotina diária deve ser avisada com antecedência.

O tratamento terapêutico ajuda muito a pessoa a lidar com as dificuldades. Recomendável um neuropsicopedagogo ou neuropsicologo e psicomotricista para ajustar as atividades ao seu nível de entendimento e desenvolvimento. Também recomendável terapia ABA que é Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo, essa terapia inclusive auxilia muito com os comportamentos disruptivos.

Se seu filho ou aluno apresenta algumas destas características, posso ajudá-lo. Vamos marcar uma avaliação?!

Dra. Regiane Souza Neves
Doutora e mestra em Psicanálise; Neuropsicopedagoga; Neuropsicóloga; Psicopedagoga; Psicomotricista; Habilitada em ABA Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo. Palestrante e professora de pós-graduação. Há 25 anos trabalhando com educação, saúde mental e desenvolvimento humano. Clique aqui e veja meu currículo completo.

Consultas à partir de: R$ 100,00 para crianças e adolescentes / R$ 120,00 para adultos. Trabalho com pacotes de descontos. Não atendo convênios.

Agende uma consulta pelo Whatsapp 11 95973-6360. Atendimento apenas com hora marcada nos seguintes endereços:
OSASCO
Rua Melvin Jones, 143 - Centro - Osasco
ALPHAVILLE
Alameda Araguaia, 933 - Edifício Enterprise - Alphaville
SÃO PAULO
Avenida Paulista, 726 - Bela Vista
Rua Claudio Soares, 72 - Pinheiros